top of page
  • Foto do escritorPrefeitura de Brasiléia

Prefeitura, Governo, Aceebra discutem Projeto do Novo Centro Comercial para os comerciantes atingidos pela alagação em Brasiléia

Por Assessoria


Em reunião ampliada na segunda-feira 18, no auditório do Sebrae com comerciantes, empreendedores e autoridades municipais e estaduais, a prefeita Fernanda Hassem recebeu o convite da Associação Comercial e Empresarial de Epitaciolândia e Brasiléia (ACEEBRA), para participar da Assembléia Extraordinária da instituição. Onde foi discutido o projeto de construção do novo centro comercial em Brasiléia.



O projeto visa a realocação dos empresários que foram atingidos pela cheia do Rio Acre de 2012, 2015, 2023 e 2024, e é uma parceria público-privada com iniciativa da Associação Comercial de Epitaciolândia e Brasileia (Aceebra), juntamente com o governo do Acre e a Prefeitura de Brasileia.


O projeto tem o valor de aproximadamente R$ 8 milhões e será construído no terreno da própria Associação Comercial.


A Prefeita Fernanda Hassem agradeceu a Associação Comercial em nome da Presidente Inês, pelo importante trabalho que vem realizando a frente da instituição com os todos os comerciantes e que fortalece cada vez mais e melhor o comércio local e reconhece também o trabalho e a dedicação do Presidente da Federacre, Pedro Silva, que também esteve presente durante a reunião um grande parceiro dos empresários e comerciantes de todo o Estado do Acre.



"Objetivo dessa parceria pública privada é trabalhar na conclusão do projeto, captação de recursos e no próximo no ano, iniciar a obra”, destacou o Secretário de Ciência, Indústria e Tecnologia Assurbanípal Mesquita.


“Hoje é um momento especial que estamos vivendo, já que foi apresentado o projeto do novo Centro Comercial de Brasileia. Nós temos uma grande necessidade dessa realocação, pois temos sofrido com esses desastres naturais desde 2012, e esse projeto é para estar atendendo a esses comerciantes que foram atingidos e também aos futuros empreendedores, de acordo com o nosso projeto de lei”, falou Inês Tiziana, presidente da Aceebra.


Participaram do encontro Inêz Tiziana presidente da ACEEBRA, Elane Araújo - Vice - Presidente, Deputado Estadual Tadeu Hassem, Assurbanipal de Mesquita - Secretário de Estado de Ciência, Indústria e Tecnologia (Seict), Pedro Silva - Superintendente da Federacre e Vice-Presidente da Junta Comercial do Estado, Thayanne Cristina - Assessora Jurídica da Federacre da Sead, Marcella Dalillah - Secretária da Federacre e Consultora do Conselho da Mulher Empresária, Suly Guimarães - Gestora de Organismo de Política para as Mulheres (OPM), Secretário de Planejamento Francélio Barbosa, Secretário de Comunicação Chiquinho Chaves e Secretário de Obras Lima Andrade.


Em Brasileia foram atingidas 2.160 residência, 500 pontos comerciais, 3.500 famílias ficaram fora de casas entre desalojadas ou desabrigadas. Mais de 600 famílias ficaram isoladas na zona rural em seis comunidades rurais.




0 comentário

Kommentare


bottom of page