• SECOM

Prefeitura de Brasileia realiza o programa Saúde Itinerante na comunidade Samaúma

No ultimo sábado, 1 de setembro,  a Prefeita Fernanda Hassem acompanhada dos secretários Francisco Borges, Raimundo Lacerda e dos vereadores Rosildo e Rogério Pontes, participaram de mais uma edição do programa Saúde Itinerante realizado no quilometro 59 na comunidade do Samaúma, na Reserva Chico Mendes.



De acordo com o secretário de saúde, Francisco Borges, foram realizados diversos atendimentos médicos e exames, aferição de pressão arterial, teste de glicemia, teste de sífilis, teste de HIV, Médico Clínico Geral, PCCU – Preventivo do Câncer do Colo de Útero, palestras odontológicas e de leishmanioses,  além de orientações sobre DSTs.


“Essa ação é um dos cuidados que a prefeita Fernanda tem com a população do nosso município, buscando sempre levar serviços básicos para as comunidades mais isoladas de Brasileia, tratando de forma igualitária as pessoas das áreas rurais e urbanas”, finalizou Francisco Borges, secretário municipal de saúde.


O objetivo é garantir mais acessibilidade aos serviços de saúde para os munícipes; Informar aos usuários do SUS os serviços ofertados pela Secretaria Municipal de Saúde de Brasileia, fortalecendo o vínculo desses usuários com sua equipe de Estratégia de Saúde da Família.


A moradora Rosineide Pereira, mãe de 9 filhos e residente na colocação Sardinha, falou da importância da atividade na região. “Muito boa essa ação, porque para nós irmos com essa meninada todinha para Brasileia é muito trabalho, precisa de dinheiro ou esperar o transporte para sair do ramal. E a prefeita fazendo aqui no Samaúma foi uma beleza para gente, uma tranquilidade, pois moramos tudo ao redor e podemos vim a pé”, destacou Rosineide.


De acordo com a Prefeita Fernanda Hassem o objetivo proporcionar serviços básicos a todos os habitantes de Brasileia. “A meta é proporcionar à população um atendimento holístico e resolutivo, próximo à sua residência, levando atendimento médico especializado e cirúrgico à população residente em todo o município, até os locais mais isolados, de difícil acesso e em locais com insuficiência da oferta assistencial”, finalizou Fernanda.



0 comentário