top of page

Brasileia recebe Comitiva Interministerial para discutir migração na fronteira

Nesta quinta-feira, 06, o Vice-Prefeito Carlinhos do Pelado e o Secretário Municipal de Assistência Social Djailson Américo recepcionaram em Brasileia a equipe técnica interministerial do governo federal, representantes do Governo do Estado, Prefeitura de Epitaciolândia e outras instituições.


Pela manhã as autoridades em comitiva visitaram a Casa de Passagem do Migrante São Francisco que está localizada no KM 04 sentido Brasileia/Assis Brasil. Que têm capacidade para 50 pessoas e durante alagação do Rio Acre em março em Brasileia a casa passou por uma superlotação com quase 100 migrantes na casa de passagem.

Logo após a visita se reuniram no auditório da Escola KJK com os presentes para discutir migração nos municípios de fronteira com a Bolívia e Peru (Assis Brasil, Brasileia e Epitaciolândia), que recebem migrantes com pedidos de refúgio de várias nacionalidades todos os dias.


A preocupação das autoridades é também com o agravamento da instabilidade política no Peru, o que pode piorar ainda mais crise migratória nessa região.


De acordo com o Governo do Estado, a equipe Ministerial do Governo Federal tem mais de 20 representantes de seis ministérios, entre eles a da Defesa, da Justiça e Segurança Pública, dos Direitos Humanos, da Saúde, das Relações Exteriores e da Casa Civil.

Participaram ainda Prefeito de Epitaciolândia Sérgio Lopes, secretários municipais, estaduais, representantes da Igreja católica, Cáritas Brasileira, Agência da ONU para refugiados (ACNUR), Organização Internacional para as Migrações (OIM), Exército Brasileiro, Forças Nacional, Polícia Federal, Ministério Público do Acre, Defensoria Pública da União e Procuradoria Geral da República.


No final do encontro as autoridades federais foram recepcionadas novamente pelo Vice-Prefeito Carlinhos do Pelado na sede da Defesa Civil Municipal em Brasileia.


Veja o que disseram:


Vice-Prefeito Carlinhos do Pelado

"Estamos felizes de receber esse evento Nacional em Brasiléia com representantes de mais de 6 ministérios do governo federal que vieram verificar de perto a situação preocupante da migração em nossa região de fronteira. Sabemos das dificuldades que passam as nossas prefeituras de Brasileia, Epitaciolândia e Assis Brasil. Mas acreditamos que teremos êxito após os encaminhamentos desse encontro entre diversos representantes do governo federal, do governo do estado e os nossos três municípios de fronteira." Destacou.


Secretário de Assistência Social de Brasileia Djailson Américo

"Uma reunião fundamental e necessária entre os três entes federativos, União, Estado e Município, e assim foram debatidos entre os presentes como cada um desses governos podem atuar sobre a migração na nossa fronteira que têm se intensificado nos últimos meses. E aqui foi debatido também como as prefeituras podem acessar mais recursos para atender mais e melhor os migrantes que vêm de vários outros países e pedem socorro e refúgio em nosso país em Assis Brasil, Brasileia e Epitaciolândia", frisou.


Secretário de Estado de Assistência Social Alexander Santos de Carvalho

"Precisamos entender que sozinho o estado, não consegue o município também não. Mas precisamos unir forças com órgãos federais. E nós viemos pra isso. São três dias dessa conferência. Nós vemos a dificuldade de os municípios aqui acolher os Migrantes. Então entendo que esse encontro foi tratado por assuntos muito importantes com a vinda desses líderes vindos de Brasília. Vamos conseguir resultados importantes para acolher os migrantes que estão chegando durante esse período." Ressaltou.

Galeria de fotos:


0 comentário
bottom of page