• SECOM

Autoridades participam de solenidade de Hasteamento da Bandeira em alusão ao aniversario da cidade

A programação de festividades em comemoração aos 108 anos de Brasileia começou cedo nesta segunda-feira (25), ás 8h a população do município pode acompanhar de perto a solenidade de Hasteamento da Bandeira, com a presença da Prefeita Fernanda Hassem, secretários, vereadores e autoridades militares.



A programação tem como objetivo homenagear a querida Brasileia pela passagem de seus 108 anos de fundação, resgatando sua identidade e valores, trabalhando sua historia, riquezas, cultura, costumes e tradições.


O discurso de abertura, realizado pela Prefeita Fernanda Hassem, enfatiza a importância da realização das festividades para o município. “Momento muito bonito, momento cívico de amor à cidade que completa 108 anos no dia 3 de julho. E isso nos remete a um desafio muito grande que é trabalhar cada vez mais por melhorias no município, Brasileia que passou por tantas diversidades naturais e que precisa e estar sendo reconstruída a muitas mãos e para isso necessita da colaboração de todos nós brasileenses que temos a responsabilidade em ajudar nossa cidade, e com isso trazer novos investimentos”, enfatizou Fernanda.


Como próprio hino menciona: “Brasileia és altiva, povo humilde e hospitaleiro”, é com esse pensamento que a prefeitura trabalha diariamente com o empenho de toda equipe, garantindo mais qualidade de vida a toda população do município.


A secretária municipal de educação, Ramiege Rodrigues, falou da participação das escolas municipais nas atividades: “Estamos dando continuidade às atividades cívicas em comemoração ao aniversario da cidade, onde contamos com a presença de todas as autoridades do nosso município em especial dos nossos alunos  das escolas municipal e estadual, momento de referenciar Brasileia pela sua transformação e desenvolvimento”, falou Ramiege.


As programações seguem até o dia 3 de julho, dia do aniversario da cidade, com a realização da alvorada e desfile cívico na Praça Hugo Poli.

0 comentário